Hergen inaugura nova linha de fabricação de Cilindros

4 de outubro de 2016
nova-identidade
Hergen apresenta sua nova Identidade Visual
4 de outubro de 2016

 

Rio do Sul, 07 de outubro de 2016

 

HERGEN INAUGURA SUA NOVA LINHA DE FABRICAÇÃO DE CILINDROS PARA MÁQUINAS DE PAPEL

 

A inauguração foi parte de um grande evento nas novas instalações da empresa, e que celebrou também os seus 40 anos de história, bem como a apresentação da sua nova identidade visual.

O novo site de fabricação tem capacidade para produzir Cilindros Yankee com até 7.320 mm (24 ft) de diâmetro e largura de até 6.500 mm. Conta com modernas máquinas de grande porte e uma infraestrutura única, que permite a construção completa dos equipamentos, desde a calandragem das chapas até o processo final de metalização e retífica.

 

calandra-novatorno-vertical

 

 

“Essa combinação resulta em uma grande flexibilidade e agilidade de processos de fabricação, evitando perdas de tempo no transporte e otimizando os custos de fabricação”, afirma William Rodrigues dos Santos, gerente geral da Hergen, sobre ganhos que representam uma redução em torno de 30% do prazo de entrega dos cilindros e na ordem de 80% dos custos logísticos.

 

 

Abertura de novos mercados

O portfólio que sai da nova linha de fabricação também tem grandes méritos nessa consolidação da empresa no mercado global. Os cilindros produzidos em chapas de aço ranhurado apresentam tecnologias mundialmente consolidadas. “A chapa de aço carbono tem um desempenho de transferência térmica bastante interessante em relação aos cilindros comumente feitos de ferro fundido. Falando especificamente dos cilindros ranhurados, trata-se de uma tecnologia que vem sendo amplamente aplicada nas novas máquinas tissue, assim como nas já existentes, pois promove uma economia de energia de 10% a 30% em comparação aos equipamentos de ferro fundido”, descreve Santos.

De olho no atendimento às exigências dos códigos de segurança para vasos de pressão instalados na Europa, América do Norte e Ásia, a Hergen também investiu em modernas ferramentas de controle de qualidade e processos. “Dentro dessa filosofia de fabricação de cilindros, seguimos rigorosamente as normas internacionais, de tal modo que nossos equipamentos têm condições de ser comercializados em qualquer mercado do mundo, atendendo aos critérios de cada um deles”, pontua o gerente geral da empresa.

 

yankee-dois-01